fbpx
  • Home
  • >
  • Notícias
  • >
  • Nota Técnica 2021.002 traz alterações para o MDF-e

Nota Técnica 2021.002 traz alterações para o MDF-e

capa_blog

Entrou em vigor na segunda-feira, 2 de agosto, a cobrança pela obrigatoriedade da emissão do CIOT e do pagamento do Vale-Pedágio Obrigatório (VPO). Essas exigências estão previstas na Nota Técnica (NT) 2021.002, que prevê novas regras para gerar o Manifesto Eletrônico de Documento Fiscal (MDF-e).  

  

As normas da NT entraram em vigor ainda em 7 de junho, mas até agosto estavam em fase de experimentação. Isso significa que a partir de agora a cobrança para a emissão do CIOT e do pagamento do Vale-Pedágio Obrigatório está mais rígida. 

  

Na prática, é possível se deparar com erros no sistema na hora de gerar o MDF-e. Vale lembrar que a NT trouxe a adequação do grupo “Pagamento” e ajustes nas Regras de Validação. Em maio de 2021, mais duas versões da Nota Técnica foram lançadas, trazendo outras modificações. 

 

 

Extratta simplifica  

  

A Extratta separou a sequência das principais mudanças. Com essa atualização é obrigatório preencher os campos de responsável pela geração do CIOT e pelo pagamento do Vale-Pedágios para os casos abaixo: 

– 578 (obrigatória) – Se modal Rodoviário e Tipo Emitente for igual a Prestador de Serviço de Transporte (tpEmit=1) ou transportador que emitirá CT-e globalizado (tpEmit=3) ou Transportador Próprio que informou o Tipo de Transportador (tpEmi=2 com tag tpTransp informada) e não estiverem preenchidos:  

  

Como resolver? 

Está com dificuldades para a emissão do CIOT e pagamento do Vale-Pedágio Obrigatório. Entre em contato com a Extratta e conheça as opções disponíveis para facilitar a sua rotina. Temos equipe de especialistas preparada para lhe atender.  

 

 

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin